Era uma vez Brasil

Relato do 10º e 11º dia (Belo Jardim)- escrito pela Profª Quitéria

BJ

Relato do 10º e do 11º dias do grupo de Belo Jardim

 

Relatório Era Uma Vez Brasil – Intercâmbio em Portugal

O penúltimo dia em Portugal começou bem agitado com ruídos e passos apressados dos alunos, professores e coordenadores do projeto nos corredores do hotel, e do arrastar de suas malas indicando que a hora da partida havia chegado,  abraços rápidos, lágrimas nos olhos…   Veio o silêncio e nos recolhemos para os nossos quartos. Levantamos para tomar café e achamos estranho aquele refeitório tão vazio e calmo sem aquela energia dos dias anteriores. Depois do café alguns alunos ficaram descansando e outros foram jogar vôlei na quadra do hotel.  À tarde fomos visitar o Museu da Música onde fomos recepcionados pelo nosso guia que também é professor de música do museu. A Brenda falou pra ele que a cidade de Belo Jardim é conhecida como a cidade dos músicos, pois na mesma existem duas escolas de músicas São Sebastião e Filarmônica que já formaram músicos que tocam em vários estados brasileiros e até fora do país.  O nosso guia nos mostrou alguns instrumentos musicais: violão, rabeca, cravo, flautas, trompetes e o piano onde ele nos deu uma palhinha e tocou duas músicas. A nossa aluna Sara, fez uma demonstração do que já aprendeu ao tocar na bateria e recebeu elogios do professor. Um momento curioso foi quando o professor nos mostrou uma caixa de música enorme. Houve uma interação bem legal entre nossos alunos e o professor  que disse ter aprendido mais do que ensinou. Terminada a visita fomos mais uma vez à Torre de Belém, tiramos umas fotos, contemplamos o mar e voltamos para o hotel.  À noite saímos para jantar fora na Pizzaria dos Gordos, foi um momento leve e divertido para todos nós. No dia de embarcarmos de volta para o Brasil levantamos tarde, tomamos café e nos dirigimos para o aeroporto onde depois de fazermos o check-in fomos almoçar no Mcdonald’s , e ficamos observando pessoas de tantas nacionalidades seguindo seus destinos, sem se importar com a chuva que caia lá fora fazendo com que o tempo ficasse nublado, mas os nossos corações estavam radiantes ao lembrarmos de tantas coisas vividas e também por estarmos voltando para casa em paz e com o sentimento de dever cumprido.

Relato feito pela Profª Quitéria Feitosa.

Fotografia de Samuel de Castro.

Imagem de abertura: Grupo de Belo Jardim

A fonte da imagem em destaque na abertura do post é da página da Origem no Facebook.

Compartilhar este post por e-mail

Entre em Contato

Origem Produções

Ribeirão Preto / SP
+ 55 16 3623 8012

Salvador / BA
+ 55 71 3018 4373

Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3986 8311

Contato

Todos os campos são obrigatórios

Marque o campo acima antes de enviar.
ATENÇÃO: Preencha todos os campos destacados Enviando