Era uma vez Brasil

O ter e o ser diante do olhar do outro (tema 5)

consumo

Este é o último dos posts sobre os cinco temas da Fase 2 da Etapa 1 do Projeto. Neles  apresentamos alguns vídeos sobre os cinco temas. Nas semanas anteriores tratamos do tema 1 “Brasil e o legado da história e cultura africana e afro-brasileira”, do tema 2 “Onde estão os indígenas nos episódios históricos que envolvem a chegada e a permanência da família real portuguesa no Brasil?”, do tema 3

“Violência e tensões sociais nas cidades” e do tema 4 “Relações entre o público e o privado na política brasileira”. Hoje indicamos alguns vídeos que envolvem “O ter e o ser diante do olhar do outro” (tema 5).  Aqui a proposta é observar como a sociedade produz (e reproduz) um pensamento que leva as pessoas a consumir (mesmo que sem necessidade) diante de modelos que são apresentados como o de uma vida ideal. E este consumo, esta “vida ideal”,  pode ser explicitado por canais físicos ou virtuais.

Separamos os vídeos entre “estudantes” (alunos) e “nossa formação”, porém solicitamos que se forem apresentar os vídeos para os seus alunos, que vocês os assistam primeiro para ver se são adequados à faixa etária e o interesse da sala. Cada um deles traz uma breve descrição.

Existem vários materiais interessantes disponíveis na Internet. Se vocês tiverem alguma sugestão, nos enviem pelos nossos contatos ou nos comentários deste post.

Bom trabalho!

Adriana

 

5. O ter e o ser diante do olhar do outro

 

Alunos:

A) A origem das coisas (21’17”)

Realização: Tides Foundation, Funders Workgroup for sustainable production and comsuption, Free Range Studios

O documentário explica, de forma simples, como o consumismo afeta o mundo.

 

B) O Alto Preço do Materialismo (5’37”)

Realização: The center for a New American Dream/ Tim Kassers

O vídeo mostra os apelos ao consumo presentes no cotidiano e o seu reflexo nas pessoas (5’37”)

 

Nossa formação:

 

C) Criança a Alma do Negócio (49’04”)

Realização: Maria Farinha Produções

O documentário denuncia como a publicidade age para influenciar o consumismo nas crianças.

 

 

D) Ilha das Flores

Realização: Jorge Furtado e Casa do Cinema de Porto Alegre

Por meio do retrato da Ilha das Flores, o curta leva à reflexão sobre o consumo na nossa sociedade.

 

A imagem destacada (na abertura do post) é do documentário “A Origem das Coisas”.

Compartilhar este post por e-mail

Entre em Contato

Origem Produções

Ribeirão Preto / SP
+ 55 16 3623 8012

Salvador / BA
+ 55 71 3018 4373

Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3986 8311

Contato

Todos os campos são obrigatórios

Marque o campo acima antes de enviar.
ATENÇÃO: Preencha todos os campos destacados Enviando