Era uma vez Brasil

Projeto

Vivenciar um intercâmbio cultural de dez dias em Lisboa – Portugal, percorrendo os caminhos da corte portuguesa antes da chegada ao Brasil. Esta será a oportunidade dada a estudantes dos mais de dez mil alunos participantes do ‘Era uma Vez… Brasil’, projeto de arte-educação voltado para adolescentes do oitavo ano da rede pública de ensino.

O ‘Era uma Vez… Brasil’ é um programa de atividades que tem o objetivo de colaborar com o desenvolvimento da cultura nacional, promovendo o enriquecimento dos alunos envolvidos por meio do contato com diferentes linguagens artístico-culturais. Nesta edição, traz como tema a transferência da família real e da corte portuguesa para o Brasil, tendo como base o livro 1808, do escritor Laurentino Gomes.

O projeto é dividido em três etapas, a saber:

Etapa FATOS HISTÓRICOS

1) Qualificação dos professores/Provocação dos Alunos:

Qualificação dos professores de história do oitavo ano fundamental da rede pública de ensino. Nessa etapa faremos 06 encontros com os professores, trazendo novas abordagens possíveis para o estudo da história e da literatura. A partir desses encontros, serão propostas diferentes atividades de leitura, pesquisa e produção ao corpo de alunos. Os 100 alunos melhor avaliados participarão da segunda etapa do projeto e terão os seus trabalhos publicados em livro coletivo.

Etapa CAMPUS

2) Campus de arte-educação:

No período de férias os 100 alunos do oitavo ano da rede pública de ensino farão uma imersão às diferentes linguagens artísticas, participando de oficinas de Interpretação, Roteiro, Som e Fotografia, além de Vivências Indígenas e Afro-brasileiras.

Etapa INTERCAMBIO

3) Intercâmbio Cultural

Os alunos melhor avaliados durante o projeto participarão de um intercâmbio de 10 dias em Portugal, onde conhecerão os caminhos percorridos pela corte portuguesa até a vinda ao Brasil, e também compartilharão os produtos culturais construídos ao longo do ano.

4) Etapa COMUNIDADE

Momento de utilizar todo o conhecimento construído durante o Projeto para pensar em propostas que impactem a vida das pessoas de cada comunidade.

RELAÇÃO DE CIDADES E ESCOLAS PARTICIPANTES:

BELO JARDIM/PE

    1. ESCOLA MUNICIPAL CASTELINHO 
    2. ESCOLA MUNICIPAL LUIZ PEREIRA DE AMORIM 
    3. ESCOLA MUNICIPAL MANOEL TEODORO DE ARRUDA 
    4. CEM PROF. JOSÉ VIEIRA
    5. ESCOLA MUNICIPAL LUIZA LEOPOLDINA 
    6. ESCOLA MUNICIPAL PROF. ANTENOR VIERA DE MELO 
    7. ESCOLA MUNICIPAL DR. SEBASTIÃO CABRAL 
    8. ESCOLA MUNICIPAL JOÃO BEZERRA FILHO
    9. ESCOLA MUNICIPAL VEREADOR JOAQUIM MEDEIROS
    10. ESCOLA MUNICIPAL TENENTE JOÃO CORDEIRO
    11. ESCOLA ESTADUAL MINISTRO  MARCOS DE BARROS  FREIRE
    12. ESCOLA ESTADUAL TOMAS ALVES
    13. ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR DONINO
    14. ESCOLA  ESTADUAL PADRE GIOVANNI

 

LENÇÓIS PAULISTA/SP

  1. EMEIF Philomena Briquesi Boso
  2. EMEF Prof.ª Guiomar Fortunata Coneglian Borcat
  3. EMEF Prof.ª Lina Bosi Canova
  4. EMEF Prof.ª Idalina Canova de Barros
  5. ESCOLA ESTADUAL PROF. ANTONIETA GRASSI MALATRASI 
  6. ESCOLA ESTADUAL PROF. LEONINA ALVES CONEGLIAN 
  7. ESCOLA ESTADUAL DR. PAULO ZILLO 
  8. ESCOLA ESTADUAL RUBENS PIETRAROIA
  9. ESCOLA ESTADUAL PROF. VERA BRAGA FRANCO GIACOMINI 
  10. ESCOLA ESTADUAL VIRGILIO CAPOANI

 

MACATUBA/SP

  1. ESCOLA ESTADUAL FANNY ALTAFIM MACIEL PROFESSORA
  2. ESCOLA ESTADUAL FERNANDO VALEZI
  3. ESCOLA ESTADUAL OSMAR FRANCISCO DA CONCEIÇÃO DOUTOR

 

SALVADOR/BA

    1. ESCOLA MUNICIPAL ADROALDO RIBEIRO COSTA
    2. ESCOLA MUNICIPAL BRIGADEIRO EDUARDO GOMES
    3. ESCOLA MUNICIPAL HILDETE LOMANTO
    4. ESCOLA MUNICIPAL 2 DE JULHO
    5. ESCOLA MUNICIPAL ALEXANDRE LEAL COSTA
    6. ESCOLA MUNICIPAL ALFREDO AMORIM
    7. ESCOLA MUNICIPAL AMÉLIA RODRIGUES
    8. ESCOLA MUNICIPAL CIDADE DE JEQUIÉ
    9. ESCOLA MUNICIPAL CLÉRISTON ANDRADE
    10. ESCOLA MUNICIPAL DE FAZENDA COUTOS
    11. ESCOLA MUNICIPAL DE ITACARANHA MANOEL FAUSTINO
    12. ESCOLA MUNICIPAL DE PITUAÇU
    13. ESCOLA MUNICIPAL ELYSIO ATHAYDE
    14. ESCOLA MUNICIPAL HILDETE BAHIA DE SOUZA
    15. ESCOLA MUNICIPAL IVONE VIEIRA LIMA
    16. ESCOLA MUNICIPAL JARDIM DAS MARGARIDAS
    17. ESCOLA MUNICIPAL MANOEL HENRIQUE DA SILVA BARRADAS
    18. ESCOLA MUNICIPAL MARIA DOLORES
    19. ESCOLA MUNICIPAL MARIA JOSÉ DE PAULA
    20. ESCOLA MUNICIPAL OLGA FIGUEIREDO DE AZEVEDO
    21. ESCOLA MUNICIPAL PROF. ANTÔNIO CARVALHO GUEDES
    22. ESCOLA MUNICIPAL PROFA ALEXANDRINA SANTOS PITA
    23. ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR CLAUDIO VEIGA
    24. ESCOLA MUNICIPAL SANTA RITA
    25. ESCOLA MUNICIPAL TEODORO SAMPAIO
    26. ESCOLA MUNICIPAL BARBOSA ROMEO
    27. ESCOLA MUNICIPAL VISCONDE DE CAIRÚ
    28. ESCOLA MUNICIPAL SUZANA IMBASSAHY
    29. ESCOLA MUNICIPAL ALFREDO AMORIM
    30. ESCOLA MUNICIPAL HISTARTE

MATA DE SÃO JOÃO/BA

  1. ESCOLA MUNICIPAL EMANOEL FONTES
  2. ESCOLA MUNICIPAL ISAAC MARAMBAIA
  3. ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ SEIXAS FILHO
  4. ESCOLA MUNICIPAL ÁUREO OLIVEIRA FILHO
  5. ESCOLA MUNICIPAL KLAUS PETERS
  6. ESCOLA MUNICIPAL SÃO VICENTE

 

JACOBINA/BA

  1. Escola Municipal Armando Xavier de Oliveira (bairro: Leader);
  2. Colégio Municipal Gilberto Dias de Miranda – COMUJA (bairro: Félix Tomás);
  3. Colégio Municipal Núbia Maria Mangabeira Guerra (bairro: Jacobina II);
  4. Colégio Municipal Luís Alberto Dourado de Carvalho (bairro: Jacobina III).
  5. Colégio Municipal Pedro Daltro (distrito: Junco);
  6. Colégio Municipal Elvira Costa Pires (distrito: Novo Paraíso);
  7. Colégio Municipal José Vieira Irmão (distrito: Cachoeira Grande);
  8. Colégio Municipal Esther Tupinambá (distrito: Itapeipu);
  9. Colégio Municipal Crescenciano Fernandes Pires (distrito: Itaitu);
  10. Colégio Municipal José Prado Alves (distrito: Lages do Batata);
  11. Colégio Municipal Dr Marcos Jacobina (distrito: Caatinga do Moura).

 

RIBEIRÃO PRETO/SP

  1.  A DEFINIR

 

Realização: Origem Produções

Produção Executiva: Marici Vila

Coordenação Pedagógica: Profa. Alessandra Soto

Coordenação de Produção: Guilherme Ramos Parreira

Projeto Gráfico: Silvio França

Patrocinadores: MOURA BATERIAS, RTE RODONAVES, GRUPO LWART E YAMANA GOLD.

Apoio: Embaixada de Portugal no Brasil e Embaixada do Brasil em Portugal

 

 

 

Baixe o Regulamento

Leia atentamente o regulamento do projeto ERA UMA VEZ BRASIL e se inscreva:

 

REGULAMENTO 

Considerações Gerais

1.1 A Origem Promoção de Eventos Ltda., empresa com sede na cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 08.846.097/0001-60 (“PROMOTORA”), realiza o Projeto Cultural “ERA UMA VEZ… BRASIL 2020” doravante designado simplesmente “Projeto Cultural” que foi aprovado pelo Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura, por meio do PRONAC nº 192487, para fins de aproveitamento fiscal do Programa Nacional de Apoio à Cultura, através da Lei federal no 8.313/91 de Incentivo à Cultura e também pela Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, sob o código PROAC 26319. A participação no Projeto Cultural é voluntária e gratuita, aos estudantes devidamente matriculados em 2020 nos oitavos anos do ensino fundamental nas escolas da rede pública de ensino, sejam elas municipais ou estaduais, convidadas pela PROMOTORA via Secretarias de Educação e devidamente inscritas, das cidades de Salvador/Bahia, Mata de São João/Bahia, Jacobina/Bahia, Lençóis Paulista/São Paulo, Macatuba/São Paulo, Ribeirão Preto/São Paulo e Belo Jardim/Pernambuco. Esta modalidade de Projeto Cultural tem caráter exclusivamente cultural, não se sujeitando a quaisquer fatores aleatórios, modalidade de sorteio ou pagamento pelos participantes decorrentes da aprovação em cada etapa do Projeto Cultural.

 

1.2 O Projeto Cultural tem como objetivo principal incentivar o interesse dos professores de história e alunos pela cultura e história de nosso país, através do desenvolvimento de 04 (quatro) etapas que formam o Projeto Cultural, a saber: Etapa 1 – Era uma vez…Fatos Históricos, Etapa 2 – Era uma vez…Campus, Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio e Etapa 4 – Era uma vez…Comunidade.

1.3 Este Projeto Cultural tem como finalidade premiar os participantes da seguinte forma:

  1. a) Alguns dos 100 (cem) participantes autores dos melhores trabalhos produzidos em conformidade com este Projeto Cultural, de cada cidade participante, serão premiados com a inclusão das suas HQs no livro de história em quadrinhos homônimo deste Projeto Cultural;
  2. b) Do total de participantes da Etapa 1 – Era uma vez… Fatos Históricos deste Projeto Cultural serão selecionados os 100 (cem) autores detentores das melhores médias nas histórias em quadrinhos e dos vídeos selecionados de cada cidade-unidade prevista na Cláusula 1.1 deste Regulamento, para a participação na Etapa 2 – Era uma vez…Campus;
  3. c) Do total de 100 (cem) estudantes da Etapa 2 – Era uma vez…Campus, a PROMOTORA irá selecionar os participantes mais bem classificados, de cada cidade na seguinte proporção: Salvador/Bahia 1 (um) participante selecionado, Jacobina/Bahia: 12 (doze) participantes selecionados, Mata de São João/Bahia: 1 (um) participante selecionado, Lençóis Paulista/SP: 12 (doze) participantes selecionados; Macatuba/SP: 3 (três) participantes selecionados; Belo Jardim/PE: 20 (vinte) participantes selecionados para participação na Etapa 3 – Era uma vez… Intercâmbio, que consiste em um intercâmbio cultural na cidade de Lisboa, em Portugal.
  4. d) Do total de Educadores participantes da Etapa 1 – Fatos Históricos, a PROMOTORA irá selecionar os professores na seguinte proporção: Salvador/Bahia: 1 (um) selecionado, Mata de São João/Bahia: 1 (um) selecionado, Jacobina/Bahia: 1 (um) selecionado, Lençóis Paulista/SP: 1 (um) selecionado; Macatuba/SP: 1 (um) selecionado; Belo Jardim/PE: 1 (um) selecionado; Ribeirão Preto/SP: 1 (um) participante para a Etapa 3 – Intercâmbio Cultural.

1.4 Este Projeto Cultural terá início em 04 de março de 2020 e seu término está previsto para 30 dezembro de 2020, podendo ser prorrogado pela PROMOTORA a qualquer momento sem aviso prévio. Em caso de prorrogação a PROMOTORA informará a nova data de encerramento aos participantes, nos mesmos meios de comunicação nos quais este Projeto Cultural foi inicialmente divulgado.

 

Das Etapas

2.1 O Projeto Cultural “ERA UMA VEZ… BRASIL” consiste no desenvolvimento de 04 (quatro) etapas interdependentes. O resultado, para fins de premiação em cada etapa, será decorrente exclusivamente do desempenho dos participantes. O regulamento específico de cada etapa está descrito neste documento. São elas:

Etapa 1 – Era uma vez… FATOS HISTÓRICOS

Etapa 2 – Era uma vez… CAMPUS

Etapa 3 – Era uma vez… INTERCÂMBIO

Etapa 4 – Era uma vez… COMUNIDADE

 

Dos Critérios para Participação

3.1 Podem participar deste Projeto Cultural os Educadores e Estudantes das instituições convidadas pela PROMOTORA e devidamente inscritas, conforme conteúdo previsto na Cláusula 1.1 deste Regulamento. Ressalte-se que os estudantes deverão estar devidamente matriculados em 2020 nos oitavos anos do Ensino Fundamental, em escolas da rede pública de ensino.

3.2 Não serão aceitas, em hipótese alguma, inscrições de alunos de outras cidades, escolas, anos ou séries não previstas neste Regulamento.

 

Das Inscrições

4.1 Os estudantes interessados em participar deste Projeto Cultural deverão se cadastrar através da ficha de inscrição on-line disponibilizada no site www.eraumavezbrasil.com.br. As inscrições devem ser realizadas até 30 de abril de 2020, impreterivelmente.

4.2 Os Educadores das instituições convidadas a participar deste Projeto Cultural deverão se cadastrar através da ficha de inscrição on-line disponibilizada no site www.eraumavezbrasil.com.br. As inscrições devem ser realizadas até 30 de março de 2020, impreterivelmente.

4.3 A PROMOTORA não se responsabiliza pelas inscrições que não forem entregues até o prazo estipulado.

4.4 A Comissão Julgadora designada pela PROMOTORA deste Projeto Cultural avaliará apenas os trabalhos produzidos pelos participantes devidamente inscritos, em conformidade com este Regulamento.

 

Dos Direitos Autorais

5.1 Os responsáveis legais pelos alunos participantes (“participantes”), bem como os professores, diretores das escolas e Secretarias de Educação participantes deste Projeto Cultural autorizam a PROMOTORA em caráter gratuito e irrevogável, a utilizar, isolada ou conjuntamente, total ou parcialmente, direta ou indiretamente e sem qualquer restrição de prazo, território, idioma, quantidade de exemplares, números de emissões, transmissões, retransmissões, edições, reedições e veiculação, os direitos autorais patrimoniais relativos às histórias em quadrinhos e aos vídeos que venham a ser por eles produzidos no âmbito deste Projeto Cultural.

5.2 Os participantes e responsáveis legais dos mesmos autorizam expressamente a PROMOTORA e o patrocinador a utilizar seus nomes, imagens, fotos, vídeos ou vozes para fins publicitários e de promoção do Projeto Cultural, sem direito a qualquer remuneração e na forma e com os meios dispostos pela PROMOTORA por período indeterminado, mesmo após o término do Projeto Cultural.

5.3 A PROMOTORA está autorizada a divulgar ampla e irrestritamente, nos mais diversos meios de comunicação, os Produtos Culturais produzidos nas quatro etapas deste Projeto Cultural. Os participantes, bem como seus responsáveis legais, declaram ainda estar de acordo com a cessão de direitos autorais e patrimoniais à PROMOTORA, bem como autorizam o uso de todas as imagens constantes nos Produtos Culturais, quais sejam: Histórias em quadrinhos compiladas em um livro homônimo ao projeto, vídeos, Planos de Sensibilização e Mobilização, curtas-metragens, relatos postados no blog do projeto, projetos de intervenção na comunidade, dentre outros que possam ser desenvolvidos no decorrer das quatro etapas.

 

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS DE CADA ETAPA

 

ETAPA 1 – ERA UMA VEZ…FATOS HISTÓRICOS

 

Objetivo

1.1 O objetivo das produções (história em quadrinhos e do vídeo) dentro da Etapa 1 do Projeto Cultural (Era uma vez… Fatos Históricos) é facultar aos participantes deste Projeto Cultural o pensar historicamente, relacionando os fatos do passado com as questões do presente, além de estimular o questionamento dos fatos, a resolução de problemas e o incentivo à leitura por meio do apoio de livros de História voltados para o público juvenil, e com isso também estimular o gosto pela leitura.

 

Descritivo da Etapa

2.1 Durante os meses de março a junho de 2020, o Projeto Cultural “Era uma vez… BRASIL” realizará uma capacitação com os professores de história através de 06 (seis) encontros presenciais. Os encontros possuem 04 (quatro) horas de duração e serão realizados em locais a serem divulgados no site da PROMOTORA (www.eraumavezbrasil.com.br). O principal objetivo destes encontros é de prepará-los e orientá-los no desenvolvimento do conteúdo para que os estudantes tornem-se aptos a participarem deste Projeto Cultural, principalmente trabalhando a cultura da vinda da família real ao Brasil, por meio do estudo e pesquisa da História do Brasil, pelo uso de documentos históricos, livros, revistas, recursos audiovisuais e mídias digitais. Durante os encontros presenciais este projeto será apresentado, debatido e os resultados socializados.

2.2 A seleção dos estudantes na primeira etapa deste Projeto Cultural transcorrerá por meio de duas propostas de atividades a serem desenvolvidas pelos participantes, devidamente inscritos, sob a orientação de seus educadores-tutores, sendo a primeira constituída pela confecção de uma história em quadrinhos sobre o tema destacado: “Quais transformações urbanas ocorreram no Brasil com a presença da corte portuguesa, a partir de 1808?” e a segunda, de um vídeo com base em um dos temas destacados:

Tema 1 – A presença da corte portuguesa, bem como de milhares de pessoas africanas trazidas para o Brasil, promoveu uma série de transformações culturais na sociedade da época, que podem ser observadas através das artes (cênicas, música, danças etc.), nas práticas de lazer, na educação, na alimentação, na espiritualidade e nos hábitos de consumo. Como você observa essas influências culturais no Estado/Cidade em que você mora?

 

Tema 2 – De que forma as transformações promovidas pela colonização portuguesa, intensificadas durante a presença da corte no Brasil, impactaram o modo de organização social e cultural dos povos indígenas originários do nosso país?

 

2.3 A seleção dos educadores que participarão da Etapa 3 – Intercâmbio será feita com base na avaliação dos “Planos de Ação: Sensibilização e Mobilização” desenvolvidos durante a Etapa 1 – Fatos Históricos.  Cada professor participante deverá produzir um vídeo relatando as estratégias e os recursos pedagógicos efetivamente aplicados durante a Etapa 1, com o objetivo de engajar e capacitar os estudantes a se inscrever e produzir os trabalhos que eventualmente os habilitariam para participar da Etapa 2 – Campus. O Plano de Ação e o vídeo descritivo das ações desenvolvidas devem ser entregues na data estipulada pela equipe promotora do evento.

2.4 Os trabalhos devem ser entregues de acordo com os prazos, requisitos e especificações técnicas constantes neste Regulamento.

A PROMOTORA será responsável por constituir uma Comissão Julgadora, a seu exclusivo critério, que irá analisar as histórias em quadrinhos, os vídeos e os Planos de Sensibilização e Mobilização. Os participantes que obtiverem melhores resultados nas duas atividades (história em quadrinho e vídeo) passarão para a etapa seguinte (Etapa 2 – Era uma vez… Campus).

 

Dos Encontros com os Professores

3.1 Durante os meses de março, abril, maio e junho de 2020 o projeto “Era uma vez… BRASIL” irá preparar os professores de história das escolas participantes através de 06 (seis) encontros de formação, totalizando a carga horária mínima de 24 horas. Os encontros possuem 04 (quatro) horas de duração, e serão realizados em um local a ser definido para cada cidade na qual este Projeto será realizado, conforme previsto neste Regulamento. O local será divulgado em no site da PROMOTORA.

3.2 Este Projeto Cultural também selecionará no mínimo 01 (um) Educador-tutor de cada cidade participante para a Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio, que consiste em uma viagem para Lisboa, Portugal, para um intercâmbio cultural.

3.3 Na data estabelecida em cada unidade, os Educadores participantes do Projeto Cultural deverão entregar um Plano de Ação: Sensibilização e Mobilização da comunidade escolar, acompanhado de um vídeo descritivo que contemple as ações pedagógicas concebidas no decorrer da Etapa 1 – Fatos Históricos.

3.4 A entrega do vídeo pressupõe a autorização tácita do educador de que, em se tratando de produto cultural decorrente da aplicação das estratégias de ensino-aprendizagem promovidas durante os encontros de formação, o mesmo poderá ser apresentado pela promotora durante eventos, encontros de formação ou na página oficial do Projeto Era uma Vez Brasil (que referenciará devidamente a autoria do mesmo). Ressalte-se que caberá ao autor obter os termos das autorizações para o uso de imagem das pessoas que aparecerem no vídeo.

 

Critério de Avaliação do Educador

4.1 A seleção do Educador designado para participar da Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio será realizada de acordo com os seguintes critérios:

  1. Assiduidade nos seis encontros de formação e eventos promovidos pela promotora;
  2. Proatividade nas tarefas propostas pela promotora durante os encontros de formação;
  3. Número de participantes engajados no Projeto que enviaram os trabalhos, proporcional ao total de estudantes de oitavos anos;
  4. Cumprimento das orientações acerca dos trabalhos de HQ e vídeo produzidos pelos participantes, atendendo as normas de identificação do autor, instituição e Educador responsável, além dos prazos de entrega estabelecidos; e,
  5. Qualidade do Plano de Ação: Sensibilização e Mobilização e do vídeo (Desafio), que serão avaliados de acordo com os critérios: aplicabilidade das estratégias de ensino-aprendizagem apresentadas nos encontros de formação, criatividade, originalidade e efetividade das Ações de Sensibilização e Mobilização.

 

4.2 Cabe única e exclusivamente à Comissão Julgadora designada pela PROMOTORA escolher o educador que será selecionado. O resultado será divulgado após o término da Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural. Caso o sujeito selecionado pelo projeto não possa participar da Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio, outro professor será selecionado por exclusivo critério da PROMOTORA, neste sentido.

 

Critérios de Avaliação dos Trabalhos dos Estudantes Inscritos

 

5.1 Na primeira fase da Etapa 1 – Era uma vez… Fatos Históricos, as histórias em quadrinhos devem produzidas pelos participantes sob orientação do Educador-tutor, para que a veracidade quanto a autoria seja resguardada. Os estudantes devem se ater ao tema proposto neste regulamento e seguir as orientações técnicas informadas aos Educadores durante os encontros presenciais: um lado da folha A4, de 5 a 10 quadros, com margem de 2cm, devidamente identificada. As histórias em quadrinhos serão avaliadas com base:

  1. a) Na habilidade de argumentação e defesa de ideias;
  2. b) Na capacidade de analisar o problema dentro do contexto trazido pelo Educador (por aula expositiva, pesquisa, vídeo etc.);
  3. c) Na permanência no tema.

 

5.2 Na segunda fase da Etapa 1 – Era uma vez…Fatos históricos, os vídeos devem ser elaborados pelos participantes, com base na escolha de um dos temas previstos neste Regulamento. O vídeo deve ser entregue acompanhado dos roteiros (integralmente produzidos pelos alunos) para que a veracidade da autoria seja resguardada, e de acordo com as especificações técnicas: até 60 segundos de conteúdo e até 30 segundos de identificação (tempo total máximo de 90 segundos). Os vídeos serão avaliados conforme:

  1. a) A habilidade do aluno em relacionar os fatos do passado com questões do presente;
  2. b) A coerência com as normas de escrita do texto base (introdução, desenvolvimento e conclusão com opinião do aluno);
  3. c) O embasamento (em conhecimento histórico) para sustentar a sua argumentação.

 

Da desclassificação dos participantes

 

6.1 Serão desclassificados os participantes que:

  1. a) Permitirem que outra pessoa faça algum dos trabalhos no seu lugar ou o auxilie em alguma fase ou etapa deste Projeto Cultural;
  2. b) Enviarem trabalhos que não cumpram os requisitos formais indicados nas instruções passadas pelos Educadores-tutores;
  3. c) Cometerem plágio ou qualquer violação de direito autoral de terceiros;
  4. d) Não entregarem as duas propostas de avaliação (história em quadrinhos e vídeo);

 

Do Processo de Seleção

 

7.1 A PROMOTORA será responsável por constituir uma comissão julgadora, composta por no mínimo 03 (três) membros que irão escolher, entre todos os trabalhos produzidos pelos participantes, ao menos 100 (cem) participantes de cada unidade do Projeto que ficarem mais bem classificados, em relação aos trabalhos produzidos, e que farão jus a participar da segunda etapa deste Projeto Cultural denominada “Etapa 2 – Era uma vez… Campus”.

7.2 Em caso de empate serão utilizados pela Comissão Julgadora os seguintes critérios para desempate: a maior nota no quesito pertinência temática. Persistindo o empate, serão considerados os critérios de originalidade e criatividade.

7.3 Caso haja desistência por parte de 01 (um) ou mais participantes selecionados para a Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural, ou que os mesmos sejam desclassificados por qualquer motivo ou que não apresentem atestado médico para comprovar aptidão física e boas condições de saúde para a prática de exercícios físicos  para prosseguirem para a Etapa 2 – Era uma vez…Campus, eles serão substituídos imediatamente pelos participantes da lista de suplentes, observado em todos os casos a ordem de classificação geral dos participantes de cada cidade em que este Projeto Cultural será realizado. Esta lista de suplentes e ordem de classificação geral dos participantes não será divulgada em hipótese alguma em nenhum momento do Projeto Cultural. Ressalte-se que a seleção do participante para a Etapa 2 será feita com base na avaliação conjunta do vídeo e da HQ, portanto, somente as histórias em quadrinhos mais bem avaliadas pela Comissão Julgadora serão selecionadas para compor a publicação no livro coletivo.

7.4 A decisão da Comissão Julgadora é soberana, não se admitindo contra ela nenhum recurso.

7.5 Cada participante deverá concorrer, individualmente, com apenas 02 (dois) trabalhos (uma história em quadrinhos e um vídeo).

 

Da Divulgação dos Selecionados para a Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural

8.1 A relação dos participantes selecionados de cada cidade participante, aptos a participarem da Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural será divulgada no site oficial do Projeto Cultural, acessível em: www.eraumavezbrasil.com.br até 20 de junho de 2020, por ordem alfabética e não de classificação.

8.2 Os participantes terão até 03 (três) dias úteis, contados da data de divulgação da relação dos selecionados para a segunda etapa deste Projeto Cultural, conforme previsto na Cláusula 14.1 deste Regulamento para manifestarem interesse de prosseguir na Etapa 2 – Era uma vez…Campus e apresentarem os documentos, dados adicionais e autorizações solicitadas pela PROMOTORA deste Projeto Cultural.

 

Da Premiação

9.1 Alguns dos selecionados para a participação na Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural terão as suas histórias em quadrinhos publicadas no livro “Era uma vez… Brasil”, uma tiragem que, além de servir como incentivo para os demais alunos, também será distribuída em Instituições no Brasil e em Portugal.

9.2 Após o término da segunda etapa a PROMOTORA deste Projeto Cultural realizará um evento comemorativo de lançamento do livro supracitado, com a presença dos autores das melhores histórias em quadrinhos de cada cidade participante do projeto. Neste evento haverá a apresentação dos curtas-metragens produzidos pelos participantes na Etapa 2 – Era uma vez…Campus, bem como a divulgação dos estudantes e professores selecionados para participar da Etapa 3 – Era uma vez… Intercâmbio. A data do evento será divulgada no site oficial da PROMOTORA.

 

Do Cronograma

10.1 Os participantes deverão observar todos os prazos previstos neste Regulamento, bem como o cronograma das atividades relacionadas a este Projeto Cultural e demais orientações fornecidas pela PROMOTORA, conforme previsto no site deste Projeto Cultural, disponível em: www.eraumavezbrasil.com.br.

 

Das Disposições Finais

11.1 A decisão da Comissão Julgadora é soberana e irrecorrível, não se admitindo contra ela nenhum recurso.

11.2 Eventuais dúvidas decorrentes deste regulamento serão esclarecidas ou resolvidas pela PROMOTORA, através de contato por e-mail para o seguinte endereço: coordenacao@eraumavezbrasil.com.br, assim como qualquer item não previsto e descrito neste Regulamento.

11.3 Não serão devolvidos, em hipótese alguma, aos participantes deste Projeto Cultural os vídeos e as HQs, incluindo dos participantes não selecionados para a Etapa 2 – Era uma vez…Campus.

11.4 A PROMOTORA não se responsabiliza, em nenhuma hipótese, por eventuais problemas no envio dos trabalhos, tais como extravio, defeitos nos produtos usados para armazenamento dos arquivos, falhas técnicas que comprometam a avaliação dos vídeos (problemas com a imagem e som), problemas de Internet e falta de energia elétrica, dentre outros.

11.5 A participação neste Projeto Cultural implica na aceitação total e irrestrita de todos os itens deste Regulamento.

 

ETAPA 2 – ERA UMA VEZ… CAMPUS

 

Objetivo

12.1 A Etapa 2 – Era uma vez…Campus tem como objetivo proporcionar ao aluno participante e selecionado na Etapa 1 – Era uma vez…Fatos Históricos deste Projeto Cultural o reencontro com as raízes históricas de nossa cultura e de conviver com os valores voltados à essência do ser humano e ao desenvolvimento de todas as suas potencialidades. Através da metodologia desenvolvida para esta etapa do Projeto Cultural, visamos despertar o interesse pela leitura, música, teatro, dança, audiovisual, autoestima, valorização da vida e principalmente integrar o aprendiz na sociedade e em seu círculo de amizades. As atividades educativas serão desenvolvidas nas oficinas de Audiovisual: Roteiro, Fotografia, Som e Interpretação, conduzidas por profissionais das áreas da educação, artes e comunicação.

Descritivo da Etapa 2 – Era uma vez…Campus

13.1 A Etapa 2 – Era uma vez…Campus será realizada durante 07 (sete) dias do mês de junho ou julho (férias escolares), cuja data será definida e previamente informada pela PROMOTORA, com no mínimo 48 (quarenta e oito) horas de antecedência da data prevista para a realização desta segunda etapa do projeto. Os participantes selecionados da Etapa 1 – Era uma vez…Fatos Históricos deste projeto, serão convidados a participar da Etapa 2 – Campus que será realizado na sua respectiva cidade ou região, nos casos em que duas cidades próximas estejam participando deste Projeto Cultural em vista do convite expresso pela PROMOTORA. O Campus está estruturado na modalidade de acampamento, sendo que os participantes deverão obrigatoriamente permanecer em período integral, nas dependências onde acontecerão as atividades. Os participantes serão assistidos e supervisionados por uma equipe de profissionais designada pela PROMOTORA, composta pela coordenação responsável pelo campus, monitores, educadores das oficinas culturais e colaboradores contratados para executarem serviços gerais de limpeza e alimentação.

13.2 Os professores tutores dos estudantes selecionados para a Etapa 2 – Era uma vez…Campus deste Projeto Cultural, participarão de pelo menos 01 (um) dia, a ser definido previamente pela PROMOTORA, das atividades desenvolvidas no Campus.

 

Da aceitação dos participantes na Etapa 2 – Era uma vez…Campus

14.1 Os participantes selecionados na Etapa 1 – Era uma vez…Fatos Históricos para participarem desta Etapa 2 – Era uma vez…Campus, terão até 03 (três) dias úteis, contados da data de divulgação dos resultados da Etapa 1 – Fatos Históricos para manifestarem interesse de prosseguir na Etapa 2 – Campus e apresentarem os documentos, dados adicionais e autorizações solicitadas pela PROMOTORA deste Projeto Cultural.

14.1 Os responsáveis pelos participantes selecionados deverão entregar a integralidade de documentos solicitados na Secretaria das respectivas escolas nas quais os estudantes estiverem matriculados. A lista de dados adicionais e documentos necessários para que os participantes selecionados possam participar desta Etapa 2 – Campus será divulgada junto à lista dos participantes selecionados para participarem da Etapa 2 deste Projeto Cultural.

14.3 Caso o participante não apresente os itens especificados no tempo estipulado, o mesmo será desclassificado da Etapa 2 – Campus. A vaga remanescente será repassada para o estudante suplente, sendo observada a ordem de classificação dos participantes, de acordo com lista de classificação em poder da PROMOTORA.

 

Da Rotina no Campus

15.1 O Campus contará com um regulamento específico/regimento interno que deverá ser seguido pelos participantes sob pena de desclassificação do Projeto.

15.2 O Regimento Interno do Campus será devidamente divulgado pela equipe de profissionais designados pela PROMOTORA, durante as primeiras atividades desenvolvidas junto aos participantes.

 

Dos Critérios de Avaliação do Campus

 

16.1 Os participantes serão avaliados diariamente pela equipe de profissionais designados pela PROMOTORA, conforme os critérios abaixo:

  1. a) Engajamento nas atividades propostas pela PROMOTORA para o Campus;
  2. b) Relacionamento Interpessoal; e,
  3. c) Cuidado com o Ambiente.

 

Da desclassificação dos participantes

17.1 O participante que descumprir reiteradamente as determinações constantes no Regimento Interno do Campus ou que se ausentar por vontade própria ou de seus responsáveis legais, exceto em casos de força maior devidamente analisados pela PROMOTORA, terão sua participação sumariamente cessada neste Projeto Cultural.

 

Da Divulgação dos Selecionados

18.1 A relação dos participantes selecionados para a Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio deste Projeto Cultural, será divulgada após o término da Etapa 2 – Campus, em data e local a ser definido pela PROMOTORA. Na ocasião, acontecerá também o evento de lançamento e autógrafo do livro do projeto “Era uma Vez Brasil”, no qual as histórias em quadrinhos confeccionadas pelos participantes da Etapa 1 – Era uma vez…Fatos Históricos foram compiladas.  Neste evento haverá a apresentação dos curtas-metragens produzidos pelos participantes na Etapa 2 – Era uma vez…Campus.

 

ETAPA 3 – ERA UMA VEZ… INTERCÂMBIO

 

Objetivo

A Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio deste Projeto Cultural tem por objetivo proporcionar vivências culturais, além de uma grande troca de experiências e conhecimentos entre os participantes. Durante os 10 dias que estiverem em Portugal os estudantes participarão de diversas vivências educativas que contribuirão para sua formação cultural e intelectual. Eles visitarão escolas públicas e universidades localizadas em Lisboa e regiões próximas, onde terão a oportunidade de conhecer, conviver e trocar informações diretamente com estudantes e professores portugueses. Nesta ocasião eles falarão sobre os aspectos culturais regionais do Brasil e apresentarão os curtas-metragens produzidos durante a etapa campus.

 

Descritivo da Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio

19.1 Os participantes selecionados para participarem da Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio deste Projeto Cultural participarão de um intercâmbio cultural de duração de 10 (dez) dias nos arredores da cidade de Lisboa, Portugal. Toda a equipe designada pela PROMOTORA do Projeto Cultural “Era uma vez… Brasil”, inclusive os professores selecionados na Etapa 1 – Fatos Históricos, ficarão encarregados de acompanhar, assistir e supervisionar os participantes selecionados, durante o período da viagem. Durante a viagem eles visitarão castelos, palácios, bibliotecas, museus e espaços públicos que conectam a história do Brasil à de Portugal. Nesta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio os participantes adquirirão aprendizados, experiências e realizarão várias atividades culturais junto a escolas e universidades europeias.

 

Da aceitação dos participantes na Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio

20.1 Os participantes selecionados na Etapa 2 – Era uma vez…Campus terão até 03 (três) dias úteis após a divulgação do resultado para manifestarem interesse em prosseguir na Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio deste Projeto Cultural, bem como apresentar os documentos, dados e autorizações solicitadas pela PROMOTORA.

20.2 Os responsáveis pelos participantes selecionados deverão entregar a integralidade de documentos solicitados na Secretaria das respectivas escolas nas quais os estudantes estiverem matriculados A lista de dados adicionais e documentos necessários para que os participantes possam fazer jus em participar desta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio será divulgado junto à lista dos participantes selecionados.

20.3 Caso o participante selecionado não apresente os documentos especificados até 03 (três) dias úteis após a divulgação do resultado da Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio, o mesmo será desclassificado da etapa e do Projeto Cultural dando lugar ao participante suplente, nomeado pela PROMOTORA, observada a lista de classificação dos participantes na Segunda Etapa deste Projeto Cultural, em poder da PROMOTORA.

 

Das Orientações para a Viagem

21.1 Em dia a ser definido pela PROMOTORA, os participantes selecionados para esta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio, deverão participar da Palestra de Orientação do Intercâmbio Cultural, devidamente acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Neste dia, os participantes e seus responsáveis serão instruídos a respeito da retirada de documentos e autorizações, além de outras informações sobre o intercâmbio.

21.2 Os responsáveis legais pelos alunos selecionados para participar da Etapa 3 – Intercâmbio detém exclusivamente a responsabilidade em providenciar os documentos solicitados pela PROMOTORA, bem como em comparecer no dia, local e horário designado para a confecção e retirada dos passaportes.

 

Da desclassificação de participantes

22.1 Serão desclassificados os participantes que não apresentarem os documentos, dados adicionais e/ou autorizações solicitados para a Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio até 03 (três) dias úteis após a divulgação do resultado.

22.2 Os participantes que não apresentarem atitudes e comportamentos adequados durante todo o período de viagem, assim como não realizarem as atividades propostas e previstas para esta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio do Projeto Cultural e/ou descumprirem este Regulamento, ou qualquer informativo previamente informado pela PROMOTORA, retornará junto um responsável da coordenação deste Projeto Cultural para o Brasil, antecipadamente ao prazo de duração da viagem prevista para esta Etapa 3 – Intercâmbio.

 

Do Intercâmbio Cultural

23.1 Os estudantes e professores selecionados para esta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio participarão de um Intercâmbio Cultural, cuja participação pessoal e intransferível. As despesas com a viagem não podem, em hipótese alguma, ser convertidas em remuneração monetária, nem transferida para terceiros. O Projeto Cultural Era uma Vez…Brasil arcará com os custos dos seguintes:

  1. a) Passagem Aérea;
  2. b) Taxa de Embarque;
  3. c) Hospedagem de 10 (dias) em hotel ou alojamento a ser especificado, em quarto compartilhado;
  4. d) Pensão completa (café da manhã, almoço, lanche e jantar) realizada no hotel/alojamento ou nos locais de passeios;
  5. e) Traslados para todos os passeios;
  6. f) Seguro viagem e seguro saúde internacional;

23.2 Caso haja desistência por parte de 01 (um) ou mais participantes selecionados para esta Etapa 3 – Era uma vez…Intercâmbio do Projeto Cultural ou os mesmos sejam desclassificados por qualquer motivo eles serão substituídos imediatamente pelos participantes da lista de suplentes, observada ordem de classificação na  Etapa 2 – Era uma vez…Campus do Projeto Cultural em poder da PROMOTORA. A lista de suplentes, bem como a ordem de classificação geral dos participantes não será divulgada em hipótese alguma em nenhum momento do Projeto Cultural.

 

Documentação Necessária

24.1 Toda documentação pessoal dos participantes, tais como: autorizações, passaporte, visto e outras que poderão ser solicitadas pela PROMOTORA a qualquer momento, serão de exclusiva responsabilidade dos participantes selecionados. A PROMOTORA será a encarregada de fazer as orientações cabíveis para a retirada dos mesmos na Palestra de Orientação do Intercâmbio Cultural.

 

Disposições Gerais

25.1 Não estão incluídos no Intercâmbio Cultural desta Etapa 3 – Era uma vez…Intercambio, sendo estes de responsabilidade exclusiva do participante, custos extras referentes a despesas pessoais, tais como: bebidas e alimentação extra, serviço de revelação e fotografia, cabeleireiro, massagens, telecomunicações, excesso de bagagem, compra de lembranças e todo e qualquer outro produto de caráter pessoal.

25.2 Os custos extras de despesa pessoal, ficam a critério e responsabilidade do participante ou seu responsável legal. Caso o participante leve dinheiro, travel check ou cartão de crédito internacional, os mesmos serão de responsabilidade do participante assim como antes da data de viagem sua troca em casa de câmbio.

25.3 Não será autorizada a participação de acompanhante junto ao participante selecionado mesmo que o acompanhante arque com todas suas despesas.

25.4 A PROMOTORA não se responsabilizará pelos itens, de valor monetário ou afetivo, levados pelos participantes. Salientamos que as acomodações referentes à hospedagem são coletivas e a responsabilidade pelos itens levados na viagem é exclusiva dos participantes.

25.5 Os responsáveis legais deverão informar expressamente caso o participante faça uso de alguma medicação de uso contínuo. Os mesmos deverão providenciar tais medicamentos, bem como os de uso habitual e enviá-los para o caso de alguma indisposição.

25.6 A PROMOTORA não assume qualquer responsabilidade por eventuais acidentes ou ocorrências resultantes de força maior que fuja totalmente de seu controle e que venham a causar danos materiais ou físicos aos participantes contemplados durante a viagem desta terceira etapa do Projeto Cultural.

25.7 OS CASOS OMISSOS OU DUVIDOSOS NESTE REGULAMENTO SERÃO RESOLVIDOS PELA PROMOTORA DESTE PROJETO CULTURAL SENDO SUA DECISÃO SOBERANA, IRRECORRÍVEL E INQUESTIONÁVEL.

25.8 Os participantes deste Projeto Cultural, concordam com todos os termos e condições presentes neste Regulamento.

25.9 O presente Regulamento estará disponível na página deste Projeto Cultural acessível através do endereço: www.eraumavezbrasil.com.br para todos os fins e direitos que se fizerem necessários.

25.10 O presente Regulamento não estabelece nenhuma relação de consumo, tampouco publicidade de produtos ou serviços.

25.11 O presente Regulamento poderá ser alterado a qualquer momento mediante aviso aos participantes através do site do Projeto Cultual acessível através do endereço: www.eraumavezbrasil.com.br.

25.12 Dúvidas e informações sobre este Projeto Cultural poderão ser obtidas através do e-mail: coordenacao@eraumavezbrasil.com.br.

25.13 Fica eleito o foro da Comarca da Capital do Estado de domicílio do participante como único competente para dirimir quaisquer questões judiciais oriundas deste Projeto Cultural.

Agenda

Salvador
Jacobina
Belo Jardim
Belo Jardim
Belo Jardim
Jacobina
Belo Jardim
Jacobina
Salvador
Ver Blog
Notícias Na mídia

Edições anteriores

QUER VER COMO FORAM AS OUTRAS EDIÇÕES DO PROJETO?

  • Era uma vez Europa 2011 2011
  • Era uma vez Europa 2014 2014
  • ERA UMA VEZ BRASIL 2016 2016
  • Era uma vez Brasil - Edição 2017 2017
  • 2018 2018
  • Intercâmbio Cultural 2019

    Entre em Contato

    Origem Produções

    Ribeirão Preto / SP
    + 55 16 3623 8012

    Salvador / BA
    + 55 71 3018 4373

     

    Por favor selecione um formulário válido